quarta-feira, 3 de agosto de 2016

A Grande Depressão (2016)



Diretor da Montax Inteligência Demonstra Porque o Brasil Enfrenta a Pior Crise da História e Dá Dicas de Como Superá-la




Por que em 2016 os maiores bancos brasileiros decidiram investir em Inteligência

Um Analista de Inteligência recomenda a mesma estratégia em ações de Marketing, Segurança Empresarial e Recuperação de ativos.
 

Caro leitor,
Você já pensou por que o spread e os juros bancários no Brasil são tão elevados?
Por que nos EUA as taxas de juros são tão baixas enquanto aqui no Brasil, tão elevadas?
Se acha que é somente por causa da ganância dos bancos brasileiros, errou!
É a lei do mercado e a crise de confiança nas pessoas e instituições do Brasil.
Essa crise de confiança tem como causas fatores econômicos como desemprego e inadimplência e fatores culturais, jurídicos e políticos como leis desatualizadas, instituições políticas corruptas e dificuldade de aplicação da lei.
E a mentalidade do brasileiro: Não honrar compromissos.
Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de 2009 a 2013 a litigiosidade no Brasil avançou o dobro do ritmo do aumento da população.










E ficam sem solução definitiva ($) porque o credor não encontra bens do devedor...
Claro que para mudar essa lei de mercado que faz os juros bancários ser tão altos no Brasil – mercado com crise de confiança - teria que haver uma mudança de cultura, de mentalidade e reforma das leis e da Justiça no Brasil.
Mas, sabemos que isso não vai acontecer...
O problema da alta litigiosidade, disputas & litígios no Brasil está relacionado a 3 fatores importantes:
1) Pouco Marketing e Nenhuma Pesquisa Pré-Contratual. Sem ações de conquista de mercado (marketing) para aumento das vendas, o empresário tem menos clientes, o que o força a vender a prazo para qualquer pessoa, sem investigá-la antes. Sem ações de Inteligência e Segurança empresarial para prevenção de fraudes, serão muitos clientes sem pagar.
Você pode aprender técnicas de Inteligência de negócios com o livro sobre Inteligência "Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa". Saiba mais sobre um dos melhores livros de Inteligência Militar e Inteligência Competitiva (Empresarial) do Brasil aqui http://goo.gl/9KiIHG
2) Sem Busca de Ativos & Investigações Sobre Devedores. Empresários pensam que advogados sabem encontrar devedores e bens. Sem contratar serviços de Inteligência, Busca de Ativos & Investigações, os advogados ficam anos sem solucionar ações judiciais por falta de informações estratégicas como a localização pessoal e patrimonial dos devedores.
Continue e daremos dicas especiais extraídas do Briefing secreto da Montax para você encontrar pessoas e bens, de maneira simples e rápida. Ou consulte-nos sobre Busca de Ativos & Investigações aqui http://goo.gl/lRB3Wk.
3) Ausência de Compliance & Mitigação de Riscos. Pessoas e organizações do Brasil não honram compromissos. Empregados, fornecedores e clientes não agem em conformidade com a lei. Sem mecanismos de compliance, como Recursos humanos preventivos, Contraespionagem corporativa ou um canal de denúncia externo, fraudes internas, corrupção e fraudes judiciárias só aumentam... Os colaboradores honestos precisam de um canal confidencial para relatar fraudes...
Clique aqui e instale grátis o Compliance Intelligence http://goo.gl/lRB3Wk, um Canal de Denúncias externo antifraude e anticorrupção.
Como se vê, os três fatores que levam ao aumento das demandas judiciais têm a ver com fraudes corporativas.
E todos esses fatores fazem você perder tempo e dinheiro...
Segundo relatório da consultoria de risco global Kroll, pelo menos 77% das empresas do Brasil confirmaram a ocorrência fraudes internas em 2015.
Apesar desse índice de fraudes empresariais, as faculdades de administração, direito e contabilidade no Brasil não têm uma só disciplina “fraudes corporativas” (!?). É como se nossos estudantes recebessem formação acadêmica para trabalhar na Dinamarca, Finlândia e Suécia, os países mais honestos do mundo.
Portanto, se você ainda não implementou ações de Inteligência Empresarial, Compliance e auditorias internas para gestão de riscos e prevenção de perdas, as chances de você estar sendo roubado nesse exato momento é de 77%.
A fraude vai acontecer na sua empresa, independentemente de sua opinião. E você pode ir à falência. A estatística não falha. É matemática pura.
 A morte de uma pessoa é uma tragédia; a de milhões, uma estatística”.
Joseph Stalin
Ao se conscientizar disso, você deve tomar providências para sua empresa não ser mais uma dentro da “estatística” das fraudes e falências.
Quais são os 6 maiores bancos brasileiros e o que descobriram?
Os seis maiores bancos do Brasil em Valor de Mercado (2016) são Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco, Bradesco, Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Santander.
Em tempos de crise econômica, poucas empresas têm êxito como os negócios de refeições baratas, bens de consumo usados e, bancos. Isso mesmo! Na crise, pessoas e organizações recorrem aos bancos para tomar dinheiro emprestado, que lucra com os juros da dívida.
A não ser que você seja um gênio inovador, durante a crise mesmo se você dispor de recursos financeiros pode perder sua fortuna. Mas, e quando os maiores bancos brasileiros dão sinais de desconforto com a crise? O descontentamento dos bancos  reside no fato de que, não obstante as elevadas taxas de juros e o spread bancário, quando há calote dos clientes o dinheiro dificilmente é recuperado. Fraude de uns, inadimplemento de outros, o fato é que os bancos não recuperam a grana.
A principal causa disso é a falta de aplicação da lei e o caos da Justiça Pública.
Então só resta aos bancos minimizar danos por meio do benefício fiscal da perda dos créditos provisionados, a exclusão de empréstimos não quitados dos balanços e a dedução das perdas no imposto de renda.

O quê os bancos vão fazer para enfrentar a crise econômica e o caos da Justiça?
Em 21 de janeiro de 2016, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco, Bradesco e Santander anunciaram um acordo de criação da Gestora de Inteligência de Crédito (GIC), uma sociedade anônima que será responsável por um banco de dados para “agregar, conciliar e tratar informações cadastrais e creditícias” de clientes.
Em 11 de maio de 2016 foi a vez do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o 5º no ranking das maiores instituições financeiras do País, publicar na Internet o Pregão Eletrônico AA 20/2016 para “Registro de Preços com vistas à eventual contratação de serviços de investigação de ativos, em nível nacional, de até 1.600 (mil e seiscentos) nomes ou números de CPF/CNPJ de devedores do Sistema BNDES, bem como de outras pessoas físicas ou jurídicas a eles relacionadas, com busca e averiguação de informações e fatos relevantes, inclusive in loco, para identificação, localização e comprovação da existência de pessoas físicas, jurídicas e de ativos, e ainda consulta a todos os registros públicos pertinentes e disponíveis”.
Dois bancos públicos e três privados, dentre as seis maiores instituições financeiras do Brasil, pretendem criar uma sociedade anônima de inteligência privada, a exemplo da ADIT - Agence Pour La Diffusion de L'Information Technologique, sociedade de economia mista de Inteligência Estratégica da França. E o BNDES, um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo, abriu concorrência pública para contratar empresa de inteligência privada para realizar busca de ativos e investigações de “lavagem” de dinheiro e ocultação de bens.
Em poucas palavras, os seis maiores bancos do Brasil decidiram investir em Inteligência.
Portanto, a não ser que você seja um gênio criativo ou sua empresa venda refeições baratas, móveis e roupas usados, negócios que prosperam na crise, você deva espiar a estratégia dos bancos, grupo econômico mais poderoso do Brasil.
Os gigantes do sistema financeiro nacional sabem que as coisas vão piorar, tanto na economia mundial quanto na Justiça brasileira, por isso resolveram implementar ações estratégicas, ou seja, Atividade de Inteligência Empresarial.
E as ações de Compliance (conformidade) foram intensificadas após os escândalos da Operação Lava Jato.
Ou você acha coincidência os seis maiores bancos brasileiros criar, em 2016, uma S/A da Inteligência e contratar empresa de Inteligência privada?!
Inteligência Empresarial é uma das causas do sucesso econômico de países ricos. Por que acha que os países dos “FIVE-EYES” (Estados Unidos da América, Canadá, Reino Unidos, Austrália e Nova Zelândia) gastam fortunas com espionagem e a rede de vigilância global Echelon, denunciada por Edward Snowden?
Mas não são somente os grandes bancos que podem se precaver, você também deve investir tempo e dinheiro na Atividade de Inteligência.
Ainda neste artigo daremos dicas de Inteligência Empresarial que você mesmo pode realizar. Ou consulte a Montax para serviços de Inteligência aqui http://goo.gl/lRB3Wk.
Seguem as 5 razões pelas quais estou 100% certo acerca da A Grande Depressão (2016)  que atingiu o Brasil de forma mais intensa que a crise de 1929:

1-     Crise econômica mundial. As maiores potências econômicas mundiais, EUA e China, estão certas de que seus respectivos Produto Interno Bruto (PIB) não manterão o crescimento histórico do período de 1990 a 2013. O PIB da China cresceu apenas 7,4% em 2014, o mais baixo desde 1990. E continua baixo. E o desemprego nos EUA aumentou em 2016. Esse é o pior cenário para o Brasil, que exporta basicamente para a China e EUA.

2-     Ausência de um líder e estratégia nacionais. Getúlio Vargas transformou um país rural de economia agrária em uma potência econômica industrial e urbana, após a crise de 1929, quando os Estados Unidos da América, então nosso maior parceiro comercial, parou de comprar café, nossa principal commodity. Mas, a Era Industrial acabou. Já estamos na Era Digital, capitalismo conceitual onde corporações lucram com desenho industrial, marcas e patentes e ações de marketing. E empresas bilionárias nada produzem senão a ligação entre o produtor e o consumidor (Google, Facebook, Amazon, Alibaba, Uber, AirBnb etc.). Não temos um líder nem estratégia nacional de mudança de economia baseada em commodities para uma cybereconomia de design, marcas, patentes e serviços digitais (digitalização);

3-  Dependência da decadente indústria das commodities. Em 2015, Brasil mais que triplicou as exportações de petróleo para a China, seu maior parceiro comercial e o 2º maior importador de petróleo do mundo, porém, isso beneficia quase que exclusivamente a Petrobrás, que registrou prejuízo recorde de mais de R$ 34 bilhões no mesmo ano. E Brasil ainda exporta basicamente soja, café, frango, petróleo e minério de ferro. Somos fracos em manufaturas, e mais fracos ainda em produtos digitais. A digitalização das economias mais desenvolvidas - como a China e seu programa “Internet+” de indústrias mais escaláveis, limpas e menos dependentes de petróleo, aço, cimento e outras commodities - impactará ainda mais no saldo da balança comercial brasileira. Enfim, entre uma crise e outra o Brasil insiste na dependência da extração de recursos naturais ao invés de investir na industria da criatividade (design) ou mesmo da transformação (manufatura);

4-  Falências em série e superendividamento. Em 2016 "Pedidos de recuperações judiciais aumentam 95% em maio e batem recorde histórico" (Serasa Experian) e "cerca de 40% das maiores empresas brasileiras listadas na Bolsa de Valores de São Paulo estão muito endividadas, sendo que mais da metade delas está em estado “crítico”, tem dificuldade de pagar dívidas que somam R$ 420 bilhões, o volume total de dívidas consideradas críticas vai a R$ 870 bilhões" (Estadão/Roland Berger Estrategy Consultants). Isso sem incluir a Petrobrás. E não precisa ser Analista da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Banco Central do Brasil ou IPEA para notar que o faturamento das empresas brasileiras despencou em 2016, e já estava ruim;

5-     Não estamos preparados para a Era Digital. Veja o que o Google e o Facebook fizeram com rádios, jornais, revistas, TV e outros anunciantes, o que o Uber fez com os taxistas. E o que o AirBnb fez com hotéis e pousadas. Grande parte dos lucros dessas indústrias no Brasil foram arrecadadas no exterior. As empresas do Brasil não estão preparadas para o período de escassez que virá. Com níveis altíssimos de endividamento, as empresas nacionais não têm como investir em Pesquisa & Desenvolvimento para uma cybereconomia de digitalização de produtos e serviços. Estamos muito atrasados na competição pelo cyberespaço global. China já produz softwares e impressoras 3D de tecnologia-de-ponta. Produtos “Made in China” virão pela Internet para fabricação no Brasil, só a energia elétrica e plástico (petróleo) serão brasileiros. Pagaremos caro por design e tecnologia importados. Não haverá mais necessidade de logística e transporte de manufaturas. Nossas commodities custarão cada vez menos e nossos jovens não estão apreendendo a empreender na Internet.

Os seis maiores bancos do Brasil decidiram investir em Inteligência em 2016 porque querem se preparar para o cenário atual.
O sucesso de sua empresa depende de atitudes que você tomar agora.
Com a atual crise política e econômica do Brasil, a tendência é de as vendas desabar, aumentar as ações judiciais e o tempo das demandas.
Más-contratações e fraudes vão impactar de forma mais severa sua organização. Um efeito dominó muito perigoso nas empresas, e os 6 maiores bancos do Brasil sabem disso, afinal, têm dinheiro para pesquisas e contatos com agências de inteligência e outras fontes do governo que os alertam sobre previsões econômicas.
A crise provocará ou poucas vendas ou negócios arriscados. São produtos, serviços (tempo) e insumos que jamais serão recuperados...
Despesas com advogados e taxas judiciárias só aumentarão, justamente quando as receitas desabarem.
Com problemas financeiros, colaboradores ficarão mais propensos às fraudes internas e judiciárias. Mais despesas com processsos e advogados trabalhistas.
A Justiça pública, que já não está boa, ficará pior...
E o Governo só complica as coisas com mais impostos.
A decisão de se antecipar está em suas mãos, de mais ninguém.
Você deve preparar sua organização não apenas para sobreviver, mas, para triunfar durante a crise mundial e o caos da Justiça pública.
Dicas de marketing, de sucesso nas ações judiciais e prevenção de fraudes.
Vou mostrar como aumentar suas vendas, solucionar ações de cobrança e recuperação de ativos e evitar contratar pessoas desonestas, além de contar com o apoio dos colaboradores honestos para denunciar fraudes na sua empresa.
Abaixo, você encontrará alguns passos para seguir, totalmente sem custos.
Cada um deles foi desenvolvido para aumentar vendas e garantir a segurança de sua empresa em relação a clientes, empregados e fornecedores desonestos.
Uma das dicas, inclusive, mostra como você pode diminuir em pelo menos 50% o tempo e o custo de uma execução judicial.
Você deve ou seguir esses passos IMEDIATAMENTE ou se arrepender depois.

Meu nome é Marcelo de Montalvão

Sou graduado em Direito, diretor da Montax Inteligência e autor de Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa.
Pesquisador de Marketing de serviços, Guerra Econômica, Economia Política e áreas afins, sou articulista do jornal de relações internacionais CEIRI NEWSPAPER.
Como Advogado criminalista, meu foco são ações antilavagem de dinheiro para Recuperação de ativos desviados de fraudes.
Ajudo bancos, seguradoras e outras empresas a obter provas de crimes financeiros e descobrir onde está o dinheiro roubado de fraudes corporativas.
Em 2012, com ações de Inteligência aplicadas ao Marketing digital consegui colocar o site da Montax na primeiríssima posição do Google com base nas premissas "Inteligência & Investigações", ficando nessa posição até pouco tempo, quando decidimos remodelar o design e plataforma da nossa homepage.

Mas, não estou aqui para falar com você como seu consultor.
Estou aqui como um amigo certo num momento incerto.
Vou contar como faço para me destacar da concorrência – ou ao menos não ser engolido por ela – naquilo que me propus a fazer por força da vocação: Ajudar clientes a se destacar da concorrência no meio digital, recuperar ativos desviados e prevenir fraudes.
São ações simples, porém eficazes, que vão ajudá-lo a lucrar e evitar perdas.
Poucas pessoas me conhecem ou meu passado…
Meu pai era professor universitário e executivo da indústria da mineração (ouro). Apesar disso, decidi morar alguns meses com uma família de pescadores aos 12 anos de idade. Virei pescador e não contei para meus pais que me alimentava mal. Ajudava o arrimo de uma família de 6 pessoas a pescar para alimentar a todos nós.
Para um garoto que não nasceu para um emprego formal, ser senhor de si próprio e não ter que dar satisfação à ninguém foi algo indescritível.  
Se você é empreendedor sabe muito bem do que estou falando...
Nesse período desafiador aprendi a superar o medo do fracasso, que leva muitos de nós a sequer tentar.
Meu pai faleceu no ano seguinte, e minha mãe dona-de-casa não sabia cuidar do patrimônio da família, composto majoritariamente de pequenos imóveis alugados. Em tempos de inflação alta, nem a pensão da mamãe nem a renda dos aluguéis satisfaziam nosso estilo-de-vida. Perdemos muito dinheiro para corretores de imóveis incompetentes, inquilinos desonestos e advogados chicaneiros. Nosso padrão de vida despencou. Realizei pessoalmente várias ações de despejo, utilizando os meios à minha disposição, e descobri que o meio judicial era o modo mais difícil de tirar da casa que você construiu e reformou pessoas desonestas que só queriam morar de graça.
Hoje sei que devemos PESQUISAR antes. Serviços de Inteligência acerca dos candidatos a inquilinos pode livrar os locadores de futuras dores-de-cabeça. 
Trabalhei como cobrador de impostos, me formei e me submeti a cargas horários de trabalho extenuantes durante 5 anos, para 3 advogados criminalistas inteligentes, bem-sucedidos e famosos do ramo financeiro. Me preparei bem para um voo solo.
Foi então que, nos últimos 15 anos, me dediquei a Atividade de Inteligência e escrevi o livro Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa para ajudar empresários, advogados e estudantes a executar Inteligência Empresarial.

Você pode saber mais sobre o livro "Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa", um dos melhores livros sobre Inteligência Militar e Inteligência Competitiva (Empresarial) do Brasil AQUI  http://goo.gl/9KiIHG
Inteligência estratégica pode alavancar negócios.
Minha experiência profissional revelou que uma Central de Inteligência Estratégica faz a equipe cometer menos erros, logo, acertar mais.
O que define o resultado das ações de marketing e recuperação de ativos são dados e informações que passam despercebidos e que deveriam ser coletados ou no mercado ou no primeiro contato com o cliente. Informações acerca de concorrentes, antecedentes criminais e profissionais de fornecedores e checagem de endereços. E o acesso a esses dados, metodicamente organizados, por todos os membros de um time.
Falta às agências de governo e justiça do Brasil a criação, por exemplo, de uma
Central Nacional de Localização Pessoal e Patrimonial para a citação e penhora de bens mediante o cruzamento de dados de autores e réus em processos pelo banco de dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que permitisse a todos os juízes do País saber quais endereços o autor e réu forneceram em determinado processo. Para distribuir uma ação judicial, o cidadão - que eventualmente também responde ou pode vir a responder processo judicial - teria que apresentar CPF ou Número de Inscrição do Trabalhador (NIT) e falar a verdade acerca de sua localização pessoal, sob pena do crime de falsidade ideológica. Esses dados pessoais declarados seriam automaticamente encaminhados à Central Nacional de Localização Pessoal e Patrimonial. O mesmo com os dados declarados pelos réus em sua procurações anexadas às contestações, caso fossem encontrados. Os dados da Central Nacional de Localização Pessoal e Patrimonial devem ser integrados à Rede INFOSEG de antecedentes criminais (projeto a ser apresentado para concorrer ao prêmio do Instituto Innovare);
Não cometa os mesmos erros do governo e justiça brasileiros: Crie sua Central de Inteligência e conheça melhor os concorrentes, colaboradores e fornecedores.
No livro Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa consta um Briefing de Implementação de um Sistema de Inteligência Competitiva. Saiba mais um dos melhores livros sobre Inteligência Militar e Inteligência Competitiva do Brasil AQUI http://goo.gl/9KiIHG.
Sua empresa foi fraudada? Provavelmente você agiu com imprudência. Não seja negligente com o mais importante nos negócios ou disputas, a informação estratégica.
Apesar de intangível, Informação é o ativo mais valioso da Era Digital.

A informação estratégica é imprescindível em qualquer negócio –até nos assuntos amorosos – e só pode ser obtida com Atividade de Inteligência.
E será cada vez mais importante à medida que a crise mundial piora e a Justiça brasileira fica mais caótica.

Ignore as 5 Premissas Abaixo e Assuma as Consequências

Estamos EXATAMENTE na intersecção entre a Era Industrial e a Era Digital, onde as fábricas e a capacidade de produção não significam mais nada: O que vale é a intermediação digital entre o produtor e o consumidor.
Empresas de Tecnologia da Informação causam a erosão de empresas tradicionais que não se adaptaram aos novos tempos.
Você já deve ter notado tudo isso.
Agora tem que fazer alguma coisa para evitar a falência.
Não se engane: Ignorar essa mensagem é assumir enormes prejuízos.
Existem 5 premissas nas quais estou confiante que se aplicam rigorosamente a qualquer negócio atualmente.

Você concordará comigo assim que você entendê-las.

E vou mostrar o que você pode fazer para proteger sua empresa.

Pense nas 5 premissas como ações ou processos urgentes se você quiser sobreviver e se destacar em sua atividade econômica no Brasil, um país estatista, corrupto e burocrático, num cenário de Crise mundial de repercussão no Brasil, Justiça caótica e insegurança jurídica e Cybereconomia, digitalização dos processos produtivos.

Premissa nº 1
A gente não sabe aquilo que não sabe


Era da Informação e Atividade de Inteligência

A Era da Informação vem mudando o modelo mental (mentalidade) dos cidadãos, que passaram de meros eleitores e consumidores passivos para ativistas políticos e “agentes provocadores”, colaboradores da construção de produtos e serviços e um mundo mais transparente, honesto e saudável.
É uma mudança de paradigma da Atividade de Inteligência.
Internet como verdadeira propulsora da mudança
O aperfeiçoamento dos sistemas informatizados e dos meios de comunicação, especialmente com a popularização da Internet, causou a apropriação da informação e das marcas por pessoas simples.
Se por um lado pululam fraudes por meio da Internet, ou dentro dos sistemas informatizados, por outro lado a disponibilidade de dados e informações sobre pessoas e organizações na rede mundial de computadores facilitou a avaliação delas por seus eleitores, seguidores e contratantes.
Com um computador ou smartphone, podemos avaliar empresas e homens de negócios antes do fechamento de um negócio.
E qualquer pessoa com um computador ligado a rede mundial de computadores pode montar uma empresa, ter seu próprio negócio digital.
A Era Industrial baseada em manufaturas cedeu mercado ao setor de serviços digitais, estratégia que a China pretende implementar como mecanismo de despoluição, menor dependência de recursos naturais e aumento de seu Produto Interno Bruto.
Paradoxalmente, a desigualdade econômica aumentou apesar da maior mobilidade social. Adolescentes ficaram ricos com sites, softwares e aplicativos. Porém, pessoas e países que falharam em acompanhar a mudança tecnológica enfrentam pobreza nunca antes experimentada. E o mercado e competidores agora são globais.
Em um mundo conectado, jovens desprovidos de recursos financeiros ou naturais podem usar tecnologia para atingir mercados longínquos. A verdadeira revolução tecnológica e informacional começou quando todos passaram a carregar um computador com Internet no bolso.
Falamos “cara-a-cara” com parceiros de negócios no mundo todo, quase de graça, alugamos casas e selecionamos fornecedores por meio de uma lista com ranking honesto e transparente. Facetime, WhatsApp, Uber, Airbnb, Jurídico Correspondentes e outras tecnologias “disruptivas” são exemplos disso.
Globalização x regionalismo
A globalização e o aperfeiçoamento dos meios de comunicação trouxe o dilema da necessidade de integração mundial versus a preservação de valores culturais locais.
Nunca fomos tão influenciados pelas notícias do resto do mundo ao mesmo tempo em que nos sentimos carentes de nossas verdadeiras raízes históricas - no caso dos brasileiros, a Europa profunda e latina da Roma Antiga -, que cedeu lugar à cultura praticamente dominante do Império Anglo-estadunidense.
Com a desculpa da segurança, por meio do Tratado de Segurança firmado entre os países dos “Five-Eyes” de Língua Inglesa, Estados Unidos da América, Canadá, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia, o império amplia suas zonas de influência para conquistar mercados e preservar fontes de recursos (vide GREENWALD, Glenn; Sem lugar para se esconder; 2014).
A Internet permitiu a Atividade de Inteligência de todos para todos, onde qualquer cidadão pode realizar as 4 etapas do processo de Inteligência: Acesso (coleta), Análise (interpretação), Classificação (compartimentação) e Comunicação (entrega) da Informação estratégica.
Lembre-se da diferença entre Inteligência & Investigações: Inteligência é para prevenir, Investigações é para remediar. Alguma dúvida sobre qual dessas ações é a mais sábia?
Benefícios da Inteligência Empresarial
a)       Vantagem Competitiva: Serviços de Informação & Inteligência geram vantagens sobre o adversário e a concorrência;
b)       Tempo: Sem Inteligência, as ações de marketing e ações judiciais podem ficar anos sem resultado econômico, drenando recursos financeiros e tempo livre para projetos rentáveis;
A antecipação de ameaças por analistas de Inteligência, jornalistas investigativos e aperfeiçoamento dos sistemas de compliance são absolutamente necessários às organizações que buscam sustentabilidade, perenidade em um ambiente de negócios tão hostil como o do Brasil. 
A Inteligência Competitiva ou Inteligência Empresarial são ações de análise e monitoramento da concorrência para detectar ações de marketing off-line e digital bem-sucedidas. Para saber como concorrentes conquistam mercado e clientela.
Você poderá descobrir táticas de compras por preços mais baixos e planejamento tributário.
Inovar ou se destacar da concorrência são ações sempre melhores que simplesmente copiar a estratégia e táticas dos concorrentes, mas, ao obter Conhecimento de Inteligência acerca do mercado suas chances de inovação e destaque aumentam.
A Inteligência Competitiva também ajudará sua empresa a identificar as vulnerabilidades, o ponto-fraco de seus concorrentes ou pontos-cegos do mercado a ser explorados.
Objetivamente, a Inteligência Empresarial ajudará você a
a) Identificar seu CLIENTE IDEAL, que paga bem e custa pouco para atender, ignorando os clientes problemáticos, que dão mais prejuízos que lucros pois tomam seu precioso tempo e "roubam" o tempo dedicado aos bons clientes. E porque não dá para ser bom em tudo e para todos;
b) Identificar CANAIS-DE-DISTRIBUIÇÃO on-line e off-line, Atores (pessoas e organizações) que indicarão bons clientes para sua empresa;
c) Identificar os maiores problemas de seus clientes, suas "dores" e principais objeções na hora da compra para elaborar um Plano de marketing estratégico e apresentar soluções mais adequadas, afinal, voce é um profissional e entende do assunto. A forma como apresenta seu produto ou serviço mudará a PERCEPÇÃO DO MERCADO acerca de sua Marca;
d) Identificar vantagens, benefícios, experiências e sonhos que acompanham seus produtos e serviços. Venda o glamouroso, o secreto ou o que confere status ao usuário, e a procura aumentará – assim como o preço - porque de mera commodity você passará a VENDER SONHOS E EXPERIÊNCIAS MULTI-SENSORIAIS. Um fator de destaque;
e) Identificar o ponto de intersecção entre os riscos do comprador e justas objeções à compra e o que você pode arriscar para DIMINUIÇÃO DO RISCO DA COMPRA pelo cliente. Esse risco que você aparentemente compartilhará com o comprador deve ser algo que muito raramente acontece, um resultado negativo possivel porém pouco provável, e cuja ocorrência esporádica poderia ser compensada e diluída no volume total de vendas obtidas com a promessa;
f) Identificar a direção da INCLINAÇÃO DO MARKETING on-line e off-line para captura de mais clientes ou fechamento de mais negócios - um programa de fidelidade ou freemium (parte grátis e parte pago), por exemplo - com benefícios que proporcionarão a divulgação maior e mais positiva de seu website e Marca;
A gente não sabe aquilo que não sabe, portanto, estude o mercado com Inteligência para saber o que fazer e contar com o Conhecimento, não com a intuição.
No livro Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa consta um Modelo simples de Análise SWOT e um Briefing de Implementação de um Sistema de Inteligência Competitiva.
Saiba mais sobre um dos melhores livros sobre Inteligência Empresarial AQUI http://goo.gl/9KiIHG.

Premissa nº 2
Não importa o que você faz, você é um Vendedor



Isso mesmo: Apesar de não gostar de se apresentar como “Vendedor”, todos os homens de negócios e empresários bem-sucedidos são excelentes vendedores.
Vendem produtos, serviços, ideias, concepções, imóveis, sonhos. Mas vendem!
E para vender mais você precisa conquistar o mercado, a mente do consumidor, e isso você só pode fazer com ações de marketing.
O mundo mudou, e muito dessa mudança devemos à Internet e a popularização dos computadores e smartphones, mini computadores de bordo com acesso à Internet que no Brasil chamamos de “telefone” (e quem os utiliza para fazer ligações telefônicas senão pelo WhatsApp, sem custo da ligação?).
Empresas digitais provaram que, apesar de não produzir conteúdo algum (Facebook), não possuir veículos (Uber) nem um só quarto de hotel para hospedagem (AirBnb), são líderes da indústria porque ajudam as outras empresas a vender seus produtos.
Independentemente do produto ou serviço ou mesmo ideia religiosa que você ofereça, tem que divulgá-la em todos os meios possíveis.
Aliás, por que você acha que o Estado do Vaticano escolheu um Papa latino-americano, e que publicou sua primeira Exortação Apostólica “Evangelii Gaudium” (A Alegria do Evangelho), onde prega que o apóstolo tem que ir onde o fiel está? É um plano estratégico de Estado disponível ao público, com excelentes lições de marketing.
Dicas de marketing digital, a forma mais barata e eficaz de conquistar mercado.
Conforme prometi, e se mesmo após ter lido tudo isso ainda acha que não vale a pena investir em Inteligência Competitiva (empresarial), você pode aumentar a participação de mercado de sua empresa com marketing digital e digitalização de serviços.
Pense bem, sei que vai encontrar na sua empresa um serviço que poderá ser digitalizado, ser oferecido na Internet, com cobrança automática, ou ao menos um produto digital que poderá ser comercializado pela rede mundial de computadores.
Como diretor da Montax, criamos 3 produtos digitais: O eBook sobre Inteligência Militar e Inteligência Competitiva, Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa http://goo.gl/9KiIHG; O Compliance Intelligence, Canal de Denúncias externo antifraude e anticorrupção que pode ser instalado gratuitamente em sua homepage http://goo.gl/lRB3Wk; e o Montax Big Data de consulta do candidato a colaborador, fornecedor ou cliente pelo nome. 
Para isso, vai precisar de uma homepage com design fantástico e funcional, de preferência em vários idiomas conforme os países com os quais mais fecha negócio ou descobriu são compradores em potencial.    
Digitalização de serviço ou oferta de infoproduto pode alavancar vendas.
A Internet possibilitou a venda de produtos digitais, infoprodutos, serviços digitais como localização de pessoas e profissionais (Uber) ou venda de produtos digitais (Hotmart), que não demandam tempo nem logística e transporte de materiais.

Depois que produzir seu software de serviços ou oferecer seu infoproduto, dentro do site de sua empresa, o máquina trabalhará por você. Sem despesas trabalhistas e entregadores. Empresas como Amazon ou a brasileira Hotmart podem ajudá-lo nessa tarefa, caso não queira fazer seu marketing digital e cobranças eletrônicas por boleto ou cartão-de-crédito por conta própria.
Concentre-se no seu ponto-forte.
Como em qualquer atividade, o marketing digital também requer que você se concentre em seu ponto-forte. Aquilo que sua empresa tem de especial (produto, localização etc.) você deve destacar, dar enfoque. Isso não significa que você vai deixar de atender outros clientes ou parar de vender um leque maior de produtos, apenas seu site terá mais tráfego se tiver foco.
Seu site fantástico não basta ser bonito, tem que aparecer na maior ferramenta de buscas, a maior empresa de marketing digital do mundo, o Google. Você consegue isso com a utilização de palavras e expressões-chave, quer nos textos quer nos links do site. Essa estratégia é chamada de Search Engine Optimization (SEO), ou otimização de engenharia de busca.
Essas ações farão com que seu site apareça mais no Google, onde mais de 80% das pessoas iniciam suas pesquisas sobre opinião, produtos e serviços.  
E como faz para descobrir essas expressões-chave? Digite as palavras de seu produto ou serviço ou negócio ou atividade econômica no Google e veja quais concorrentes  mais se destacam no famoso buscador.
Para descobrir quais palavras e expressões-chave aparecem mais no site dos concorrentes bem-posicionados no Google, faça o data mining do texto desses sites em um programa de núvem de palavras como o http://www.wordle.net/create.
Faça isso com ao menos 5 concorrentes que aparecem na primeira página do Google.
Se uma instituição sem fins lucrativos se destacar, use as palavras e expressões-chave dela porque o que importa é o posicionamento no Google.
Descarte organizações que aparecem na primeira página do buscador por meio de anúncios pagos, iguais a este:


Dê preferência às expressões-chave (frases) e peça ao seu programador colocá-las nos links de seu site, exemplo: Se a expressão-chave de sua atividade econômica for “Advocacia criminal”, faça uma página sobre este assunto, use e abuse das palavras e expressões-chave, e Registre o domínio de Internet www.advocaciacriminal.com.br ou peça ao programador criar um link http://www.empresa.com.br/advocaciacriminal
IMPORTANTE: Não menospreze o design, as cores e o modelo (padrão) da indústria. Deixe a vaidade de lado, não confie em seu bom-gosto. Existem razões psicológicas para o uso de cores (Gestalt) e tipologia específicas (design da informação). Seus concorrentes investiram pesado em marketing digital e têm motivos para estar bem posicionados na Internet!
Outra coisa importante é que o conteúdo da homepage tenha dicas ou informação útil ou serviço grátis que ou aumentará o tráfego para seu site ou permitirá que você receba e armazene e-mails de potenciais clientes para seu produto ou serviço atual ou negócio futuro. Por que acha que tudo que é “gratis” na Internet pede o seu email?
Crie um produto ou serviço digital que você dará grátis em troca do e-mail ou curtida na fanpage do Facebook ou LinkedIn.
Linkagem
Elabore um “texto matador” usando e abusando das palavras e expressões-chave e publique-o em vários canais de distribuição on-line: Sua homepage, Google+, Blog, fanpages no LinkedIn, Facebook, Twitter, Instagram e um canal no YouTube.
Todos os seus colaboradores devem ter um perfil na rede social profissional LinkedIn, utilizando inclusive as mesmas palavras e expressões-chave.
Vídeos curtos com hangouts e palestras de temas específicos ajuda a promover sua marca.
Promova o link de cada um desses canais em todos os demais... Coloque-os até na assinatura eletrônica do email dos colaboradores da sua empresa...
Publique artigos ou posts simples em cada um desses canais, regularmente...
Outra dica: Crie alertas no Google Alerts com as palavras ou expressões-chave de sua indústria, quer para acompanhar tendências quer para não perder oportunidade de negócios – concorrências públicas, por exemplo – e realize postagens de notas curtas sobre seus produtos e serviços, em blogs ou jornais eletrônicos, sempre acompanhadas de sua marca e homepage.
Para tudo isso você deve criar uma conta no Google com o email suamarca@gmail.com
Essas ações promoverão o que chamamos “linkagem”, o acesso a um canal pelo link instalado em outro... O que aumentará sua PageRank, o ranking de acessos, visualizações, navegação e tempo de permanência dos usuários no site (design ajuda!).
Marketing digital e digitalização de serviços permitem que sua empresa venda para o mundo todo, especialmente se sua homepage estiver traduzida para o Inglês, Mandarim e outros idiomas.
Não importa o que você faz, você é um Vendedor é uma premissa importante no mundo dos negócios que muitos profissionais relutam em aderir. Faça como aqueles vendedores de produtos de marketing multi-nível, divulgue, ofereça e venda sem se importar em ser chamado de “chato”. No final, o importante é a sustentabilidade econômica de seu negócio e o bem-estar de sua família. E porque nesse exato momento tem milhões de pessoas que querem comprar o seu produto ou serviço. Nem você conhece seus clientes em potencial nem eles sabem que sua empresa existe! A Internet solucionou o problema dos altos custos de propaganda via jornal, rádio e TV. Fazer um site fantástico é barato e vale o investimento. E o Google é a maior empresa de marketing digital para apresentá-lo aos potenciais clientes.    

Envie um e-mail para montax@montaxbrasil.com.br que entregaremos orçamento de um site fantástico desenvolvido com as melhores técnicas de Inteligência Competitiva.

Premissa nº 3
Pesquise antes de contratar
Antes de fechar um negócio ou contratar alguém, realize pesquisa sobre o Ator (pessoa ou organização). Você será poupado de muita dor-de-cabeça.
A pesquisa mais simples, fácil e rápida é digitar no Google o nome completo da pessoa ou a razão social da organização.
Mas, lembre-se: Tem que colocar o nome completo e “entre aspas”.
Atenção especialmente para o resultado de publicações de Diários Oficiais, principalmente de “Varas Criminais” ou “Tribunais Regionais do Trabalho” – coloque essas expressões sem aspas ao lado do nome da pessoa consultada, pois revelam se o fornecedor ou candidato a vaga de emprego têm processos judiciais pendentes, de autoria deles ou contra eles, inclusive criminais e trabalhistas.
É claro que todos os cidadãos têm o direito de reaver verbas trabalhistas na Justiça, mas, quando o fazem contra todos os empregadores, todos os anos ou de seis em seis meses, alguma coisa está errada com esse profissional...
Pessoas envolvidas em muitos litígios geralmente não honram compromissos.
Você pode ir direto na fonte, realizar consultas pelo nome ou CPF nos fóruns da Justiça estadual ou federal onde o candidato a) nasceu, b) estudou e c) vive atualmente. Consulte aqui:
       Unidade Federativa
             Tribunal Estadual
             Tribunal Federal
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
Santa Catarina
São Paulo
Sergipe
Tocantins

O Estado da federação de origem do candidato pode ser o da região fiscal identificada pelo dígito do CPF que antecede o traço, conforme a Tabela:
Número
Estado
1
GO/MT/MS/DF/TO
2
AM/AC/PA/RR/RO/AP
3
MA/CE/PI
4
RN/PB/PE/AL
5
SE/BA
6
MG
7
RJ/ES
8
SP
9
PR/SC
0
RS

Depois de consultar as disputas & litígios envolvendo o candidato ao cargo ou função de mais novo sócio, fornecedor ou empregado da empresa, é bom saber como ele se manifesta nas redes sociais profissionais e outras.
Não custa nada identificá-lo no LinkedIn, Facebook e Instagram para saber quais “comunidades” frequenta e seu círculo social. Diz me com quem tu andas...
Descubra os negócios e participações societárias do fornecedor pelo www.consultasocio.com para, em seguida, consultar cada um dos sócios dele, afinal, a empresa fornecedora pode estar “limpa” mas seus sócios podem ser problemáticos.
Francamente, acho a Contraespionagem corporativa e Recursos humanos preventivos realizados em Fontes Abertas de Inteligência (OSINT) mais eficazes que muitos relatórios automáticos de empresas de serviços de informação de negócios famosas que contam com bancos de dados DESATUALIZADOS ou INCOMPLETOS comprados da Receita Federal, de cartórios de protesto de títulos, do Banco Central do Brasil e associações comerciais e de lojistas de varejos.
Você também pode descobrir mais sobre concorrentes, colaboradores, fornecedores e clientes com o Montax Big Data de consulta pelo nome completo ou razão social baseada 100% em Fontes Abertas de Inteligência (OSINT), aqui http://www.montaxbrasil.com.br/bigdata 
Analise o Conceito Moral (honestidade) e Conceito Profissional (capacidade técnica) dos candidatos a vagas de emprego ou sócios de empresas fornecedoras.
Pesquise antes de contratar e poupe muita dor-de-cabeça com sócios, empregados, fornecedores, clientes e parceiros de negócios. Você economizará bastante com desentendimentos, fraudes, prejuízos e despesas de advogados e processos judiciais.


Premissa nº 4
Investigue onde está o dinheiro roubado
(não negligencie a pesquisa outra vez)


 Se sua empresa não realizou um trabalho de Inteligência, de pesquisa pré-contratual para a prevenção de fraudes ou para se antecipar a eventuais problemas e, por conta disso, foi vítima de fraude, só cabe fazer um trabalho de Busca de Ativos & Investigações para remediar a fraude.
Comentários na Internet, respostas de e-mails e telefonemas demonstram a eficácia da milenar pesquisa com base em Fontes Humanas de Inteligência (HUMINT). As pessoas falam, e suas informações podem solucionar casos complexos. Algumas informações não constam em lugar algum senão no cérebro das pessoas.
Brasil, país carente de serviços de Inteligência
Em um quadro nacional de tanta insegurança, em um país historicamente marcado pela fragilidade de suas instituições jurídicas e políticas, a fraude e a corrupção são as principais ameaças às empresas no Brasil.
Precisamos implementar métodos e sistemas de segurança organizacional mais eficazes de prevenção de fraudes corporativas.
E os Relatórios de Inteligência devem funcionar como verdadeiros libelos-crime acusatórios contra fraudadores e corruptos, muitos dos quais se ressentem daqueles que buscam a verdade e a Justiça e usam a Internet para solucionar fraudes e outros crimes financeiros. Alguns fraudadores utilizam de ameaça e intimidação de jornalistas investigativos, advogados e profissionais de Inteligência & Investigações para atrasar a localização pessoal e patrimonial na Recuperação de ativos.
Dicas de localização pessoal e patrimonial de fraudadores e devedores
Conforme prometi, e se mesmo após um trabalho de Inteligência preventiva você foi fraudado, pode aumentar as chances de sucesso e diminuir em 50% o tempo e custo das demandas judiciais com Busca de Ativos & Investigações.
Algumas empresas ajudam, gratuitamente, a realizar atividades de Inteligência Empresarial, Busca de Ativos & Investigações.
Elas fornecem informações com base em Fontes Abertas de Inteligência (OSINT), como Google, Facebook, Telelistas, Infoplex, Escavador, Junta Comercial do Estado de São Paulo, Ibama, Tribunais de Justiça federais e estaduais diversos etc.
Coincidências de marcas, nomes dos sócios, advogados, sedes comerciais, telefones e modus operandi são suficientes para demonstrar a integração econômica entre organizações e sócios De direito e De facto (controladores) para a promoção da desconsideração (normal e inversa) da personalidade jurídica previstas no artigo 50 do Código Civil e artigo 133 do Código de Processo Civil.
Descubra empresas das quais o devedor tem participação societária aqui www.consultasocio.com. Você deve identificar quais são as empresas patrimoniais e as empresas braço-financeiro para destacá-las das empresas “cortina-de-fumaça”, aquelas cuja razão social/CNPJ são usadas no mercado com intenção de fraude.
As empresas patrimoniais são geralmente as donas das demais empresas do grupo econômico, das marcas e domínios de Internet, informação pública e gratuita que você poderá obter nos sites da Junta Comercial do Estado de São Paulo (www.jucesponline.sp.gov.br), do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) (www.inpi.gov.br) e Registro.br (https://registro.br/cgi-bin/whois/#lresp).
Seu advogado deve requerer a penhora de quotas sociais, marcas e domínios de Internet, bem  como a averbação, registro da penhora nessas respectivas agências.
Ativos intangíveis ou bens móveis incorpóreos têm valor inestimável, conforme a empresa, e a penhora desses ativos pode forçar o devedor a quitar a dívida.
Consulte os processos envolvendo o devedor, todos.
As ações judiciais das quais o fraudador ou devedor contumaz figura como "Autor" ou "Exequente" podem revelar o seu endereço atual e direitos creditórios que poderão ser penhorados por você.
Processos em que ele figura como "Réu" ou "Executado" devem ser acessados especialmente para saber o quê os demais credores dele descobriram, agora seus concorrentes na Busca e Recuperação de Ativos do mesmo devedor.
A reunião dessas informações vai catapultar a sua ação judicial.
Essas dicas são apenas algumas das dezenas de sites e locais de consulta pública que consta do Briefing de localização pessoal e patrimonial da Montax, no Brasil e Estados Unidos da América, onde brasileiros desonestos adoram “lavar” dinheiro.
No livro digital Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativaum dos melhores livros sobre Inteligência Militar e Inteligência Empresarial do Brasil, consta um Briefing de implementação de um sistema de Inteligência que funciona como fonte de pesquisa de bens http://goo.gl/9KiIHG; e o Montax Big Data de consulta pelo nome completo ou razão social para BUSCA DE BENS & DIREITOS | Consulte instantaneamente todos os tribunais de justiça do Brasil | Encontre créditos judiciais para penhora | Encontre participações societárias (quotas sociais) e fontes-de-renda | Encontre pistas acerca da localização pessoal e patrimonial do devedor | Buscas em nome do sócio administrador geram mais resultados | Com Montax Big Data, encontre! VERIFICAÇÃO DE ANTECEDENTES | Antecedentes judiciais cíveis, criminais e trabalhistas | Acesse em 20min informações pessoais que demandariam 10h de buscas em vários sites | Curriculum on-line | Resultados otimizados – especializados – de consultas no Google, Bing e Yahoo | Dados úteis à análise de risco | Com o Big Data, adeus fraudes e ações trabalhistas desonestas! DUE DILIGENCE DE TERCEIROS | Compliance & Mitigação de riscos | Inteligência de negócios | Soluções de prevenção de perdas | Reputação de terceiros com base na interatividade econômica, social e política medida pelos tribunais | Priorize buscas em nome do sócio controlador da empresa fornecedora | Fornecedores fantasmas, parceiros impontuais e clientes inadimplentes nunca mais!
Investigue onde está o dinheiro roubado (não negligencie a pesquisa outra vez) para localização pessoal e patrimonial do devedor. A recuperação de ativos desviados de fraudes, antes das demais vítimas e outros credores, deve ser prioridade para fazer “caixa” em tempos de crise financeira.

Premissa nº 5
Compliance é bom e está previsto na Lei Anticorrupção

Compliance, do Inglês “to comply” (cumprir), é o cumprimento da lei ou estar em conformidade com a lei.
A Lei Anticorrupção do Brasil prevê que mecanismos de monitoramento da empresa acerca do cumprimento da lei pelos stakeholders poderá mitigar riscos de fraudes e de penalidades, no caso de um agente do Estado identificar corrupção na empresa.
Sobre corrupção e fraudes no mundo
A corrupção é a fraude contra o Estado ou empresas públicas.
A integração econômica, social e política de cidadãos e ativistas “em rede” revelou ao mundo escândalos como o da espionagem em massa revelado por Edward Snowden e esquemas de “lavagem” de dinheiro praticados por criminosos do mundo todo na Suíça delatados por Hervé Falciani (HSBC) e, mais recentemente, o escândalo “Panamá Papers” de crimes fiscais no país homônimo realizados com assessoria do escritório de advocacia Mossack Fonseca.
Esses escândalos foram revelados por pessoas interna corporis, com acesso aos bancos de dados das companhias.
No Brasil da Lava Jato, jamais houve tantas notícias de corrupção e fraudes cíveis, fiscais, trabalhistas e previdenciárias contra o Estado e o mercado, praticadas por administradores públicos e privados.
Mecanismos de compliance
Os principais mecanismos de Compliance & Mitigação de riscos são os Recursos humanos preventivos, que previnem empresas de contratar pessoas desonestas, e o Canal de Denúncias, de preferência externo e independente, onde colaboradores, fornecedores e clientes podem relatar fraudes ou inconformidades.
Existem muitas maneiras de implementar um programa de integridade, inclusive com canais de denúncia de baixo custo. Desde a instalação de simples caixa inviolável, em local discreto, para coleta de bilhetes com informações sensíveis, até links ou banners instalados na homepage da companhia, com palestras para encorajar empregados a usá-los.
Mas, cuidado com informações caluniosas. Se a denúncia é anônima, o suposto empregado corrupto deve exercer o direito de defesa. O melhor a fazer é investigá-lo primeiro, com ajuda profissional, antes de dispensá-lo ou registrar ocorrência policial.
A necessidade de mais transparência nas empresas contribuiu para o desenvolvimento de programas de integridade de fácil instalação e baixo custo, como o Compliance Intelligence da Montax.
Clique aqui e instale grátis o Compliance Intelligence http://goo.gl/lRB3Wk, um Canal de Denúncias externo antifraude e anticorrupção.
Você pode instalar um canal de denuncia externo igualzinho a este:




Você saberá tudo o que se passa na sua empresa...

Compliance é bom e está previsto na Lei Anticorrupção, razões mais que suficientes para você implementar um programa de integridade em sua empresa.

Apresentando…
Montax Inteligência

Mesmo que eu já tenha falado abertamente sobre a Atividade de Inteligência aplicada ao meio corporativo, existe um detalhe…
Não posso compartilhar segredos de negócios de seus concorrentes com você aqui na Internet.
E isso é muito importante, porque estamos em uma crise mundial e a Justiça brasileira está caótica.
Mercado e empresas estão mudando muito rápido, o tempo todo.
Por essas razões, você deve consultar a Montax.
Ou ao menos acompanhar nosso Blog, Facebook e LinkedIn.
O objetivo é simples: Ajudar você a evitar dores-de-cabeça.
Acredite, assim como os seis maiores bancos do Brasil, você vai precisar de serviços de Inteligência para proteger seu patrimônio.

Caso não queira nos consultar agora, você deve ao menos realizar a leitura do livro Inteligência & Indústria – Espionagem e Contraespionagem Corporativa, o Manual dos analistas de Inteligência da Montax




Você pode COMPRAR um um dos melhores livros sobre Inteligência Militar e Inteligência Competitiva do Brasil AQUI http://goo.gl/9KiIHG
E custa  apenas apenas R$ 42,38preço bastante simbólico se comparado com a proteção e segurança de ter o sua empresa blindada contra fraudadores e ladrões de informações sensíveis de seu negócio… 
Atenção! Não estamos falando de um livro pequeno.
Um dos diferenciais do livro é justamente explicar as origens da Atividade de Inteligência (Estado e militar) e sua aplicação ao mundo dos negócios, a Inteligência Competitiva.
E dar dicas praticas...

Comprando, você terá acesso a


Não há manual melhor para promover sua ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO.
E conte com a Montax para evitar perdas ou recuperar ativos desviados de fraudes.
Um forte abraço,
Marcelo de Montalvão
Como citar este Artigo:
MONTALVÃO, Marcelo de; A Grande Depressão (2016) - Diretor da Montax - Inteligência & Investigações Demonstra Porque o Brasil Enfrenta a Pior Crise da História e Dá Dicas de Como Superá-la. Rio de Janeiro – RJ, 2016.





A Empresa de Inteligência de Conformidade

Rio de Janeiro – RJ, Rua México, 111 sala 1.605 – Centro - CEP: 20031-145
Telefone + 55 (21) 2210-6144
WhatsApp +55 (21) 99682-0489

Montax Serviços de Informação Ltda.
CNPJ nº 11.028.620/0001-55
Copyright © Since 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário